terça-feira, 4 de setembro de 2018

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Copa do mundo

Estou torcendo pra que a seleção brasileira saia logo da copa. Muita gente enchendo o saco, acho feia a campanha nacionalista da TV que acaba por frustrar as crianças (tipo eu em 98) e é muita glorificação e heroicização equivocada. As pessoas botam fé demais, perdem a noção de racionalidade, quem joga melhor é que merece ganhar. Time ruim tem que sair fora, se ganha na sorte é uma inversão de valores, joga mal tem que ir embora, senão solidifica, cristaliza uma estratégia e uma equipe ruim. Claro que eu não sou daquele tipo que acha que o presidente tem que pegar o salário do Neymar e colocar na saúde e na educação, uma coisa não tem nada a ver com a outra, embora muita gente pede isso abertamente nas redes sociais. Além do mais, sou grande fã das grandes seleções, Alemanha, Argentina, Espanha, Inglaterra, Itália, Holanda, França, Portugal. Tem menos malandragem, menos choro, mais empenho e esforço, mais foco. Isso é o segredo pro sucesso, seria bom as pessoas aprenderem isso, mesmo que seja com futebol. 

terça-feira, 22 de maio de 2018

Aniversário

Aluguei um apartamento num lugar muito bom no centro de São Leopoldo. E me dei de presente de aniversário uma TV de 49 polegadas <3

sábado, 19 de maio de 2018

May 19th, 2018

Comprei um presente legal pra mim ontem, mas nem lembrava que hoje era meu níver. 

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Sala nova

Antes era um escritório de advogados, um duplex. Levei uma semana pra arrumar, e agora está muito mais legal. Em cima é uma sala de aula para 10 alunos e embaixo eu transformei em um espaço para atendimento de alunos e para café e murais. 








sexta-feira, 13 de abril de 2018

Brasil

Estou estranhando bastante o Brasil, saudades do Canadá, mas vamos ao trabalho; Troquei de sala, levei quatro ou cinco dias. Estou trabalhando muito para logo poder voltar para Toronto. O foco agora acho que é a escola e o carro mesmo. Então eras isso. 

sábado, 31 de março de 2018

CANADA. Day 29th. April 1st. Sunday

Pascoa. Acordei com o pessoal da casa aqui discutindo, falando alto desde às 6 ou 7 da manhã, como de costume. Não respeitar meu sono é uma das coisas que eu  mais odeio na vida, não é nem 8 da manhã, po, mesmo que fosse meio dia, é o metabolismo que manda, não o fato de algum imbecil me achar preguiçoso ou não. Meu voo sai do Pearson airport às 23hs. Estou exausto, não descansei direito. 
Meu último lanche na homestay: eu tinha que comer o que sobrou na minha despensa! 


Atravessei a linha verde do metrô pela primeira vez de um lado a outro. DEve ter levado uma hora ou mais. Foi a última vez que eu peguei o metrô (por enquanto)


Depois peguei um ônibus de graça até o aeroporto. Deu um nó na garganta ver a skyline de Toronto se afastanto cada vez mais. Estava um dia muito frio, ventando e com um céu azul, ensolarado com nuvens. Me soava na cabeça "goodbye Toronto, see you soon" mas eu sabia que "soon" não seria assim tão cedo. 


Esperei umas cinco horas até o vôo, fiquei sentado jogando e vendo fotos no celular. O voo de volta foi melhor, eu já estava acostumado, sabia como funcionava, que ia ter janta, café da manhã. 
Último entardecer no Canadá <3
Várias horas de espera no aeroporto

Anoiteceu


Hora de ir para o portão de embarque

É isso. Amanhã eu já vou estar no Brasil.
De manhã quando o avião chegou em Guarulhos ele estava prestes a descer no aeroporto quando teve que subir abruptamente de novo. Fiquei com muito medo, aí o piloto disse em Francês e em Inglês também que o avião da frente tinha enfrentado um problema de choque com pássaro eu acho. O nosso avião fez uns movimentos muito rápidos e depois aterrisou. Que medo! 
Peguei o avião para Porto Alegre umas horas depois e quando ele tocou o solo parecia que tinha caído, o impacto era muito forte. 
Acho que eu me desacostumei muito a como se vive no Brasil. Tudo é tão diferente no Canadá, o jeito que as pessoas entram no metrô e usam a escada rolante, as tomadas, torneiras e maçanetas, o dinheiro, as taxes, as tips. Cada passo que você dá é um passo a mais no Canadá. Qualquer coisa idiota que você faz e parece que você é o cara mais sortudo e feliz do mundo. Incrível. Foi um mês disso. 


Day 28. March 31st. Saturday

Continuei arrumando minhas malas, fui no Tim Hortons, pedi um breakfast duplo com sausages, tipo um hamburgerzinho com ovo (que na verdade vem 2 por 5 dólares) e um French Vanilla, meu ultimo brunch no Canada. À tarde fui no Walmart pra comprar croissants, salsichas defumadas e coca cola, pra não passar fome esperando as jantas aqui da galera da casa, que as vezes são muito ruins. Ao entardecer começou a chover, à noite fiquei no quarto jogando clash of clans, falei com a galera no Face e no whats e assisti the Simpsons.

Day 27. March 30th. Friday.

Fiz a mala, a mochila ficou bem cheia também. Tava tocando Bon Jovi "I'm a cowboy. On a steel horse I ride.. I'm wanted dead or alive. Escorreu uma lágrima quando eu fechei a mala. Tão longe de casa e parecia que ali era a minha casa. Demorei para acostumar, mesmo assim acostumei rápido demais, e quando aconteceu já era hora de ir embora. Fui para a estação Mainstreet aluguei uma bicicleta no bikeshare e dei umas voltas. O vento estava terrível, muito gelado. 3°C com sensação de -7°C. Mas foi divertido.




Day 26. March 29th. Thursday

Ultimo dia de aula de business. Tirei fotos com o professor, comemos pizza, mas tinha poucas opções, comemos cogumelo com couve e brócolis, estava bem boa até. Ainda chovia, devia estar próximo de 10 graus de dia. Pegamos os certificados. Fomos no dollarama, comprei uns potinhos pra tempero, uma garrafa de metal, tudo obviamente muito mais barato que no Brasil.

Day 25. March 28th. Wednesday

Temperatura um pouco acima do normal, chovendo.

CANADA. Day 24. March 27th. Tuesday



terça-feira, 27 de março de 2018

Day 23. March 26th. Monday

Fiquei feliz por chegar em Toronto. Deu 14 horas de viagem de volta,  tinha muito trânsito. Tava com bolhas nos pés e cheirando mal, com a mesma roupa havia 2 dias. Cheguei em casa, tomei banho, dormi umas horas. Acordei, comi, descansei, e já estou planejando a próxima vez que vou voltar pra cá. Como eu amo essa cidade, ver a CN Tower de manhã depois da viagem foi um alívio incrível. Me senti em casa, deu vontade de pular do ônibus e dar um abraço na torre. Depois peguei o metrô, deu um tempinho até chegar na Warden. 
CN Tower sua linda, quanto tempo!!!!

CN Tower e Rogers Centre

Dólares americanos, reais e Dólares Canadenses

Day 22. March 25th. Sunday

Cheguei em Nova York de manhã. Descendo, já fui para o Brooklyn com uns amigos brasileiros que fiz no onibus. Andamos a ponte toda, de madeira, enorme, muito frio. Pegamos o metrô, bem diferente do metro de Toronto. Comemos pizzas enormes por 15 dolares cada um. Depois fomos de barco até perto da estatua da liberdade, ficamos meia hora do outro lado do rio Hudson em New Jersey. E fomos ao Central Park. Fomos até a metade e voltsmos voltamos pra Times Square, era entardecer e ela estava ficando lotada. Comprei vários souvenirs como chaveiros, imas de geladeira e uma miniatura da estatua da Liberdade. No geral, achei New York pesada, cheia, mal cuidada, suja. Não fui moraria e nunca mais vou fazer tanto esforço pra ir, só se for de escala mesmo. Fui sozinho até o ponto de ônibus, bem longe da Times. No bus eu vi novamente o indiano maldito que roncava que nem um porco.  Onde eu ia no onibus, ele ia atrás. Muita vontade de xingar ele. 

O ônibus no qual eu vou ficar 12 horas, e eu sei que não vou conseguir dormir, cara -_-

Primeira bandeira dos EUA, acho que isso é Buffalo


Chegando em New Jersey pela manhã

Chegando na Times Square









Times Square Subway Station




Escadaria da Times Square

Times Square de manhã



Saint Patrick's Cathedral

Estátua de Atlas no Rockefeller Centre



Cara, essa ponte não acaba nunca, é cheia de gente correndo e nossa, é de madeira é?
Manhattan vista do outro lado da ponte, no Brooklyn <3

Chegando ao Brooklyn finalmente, acho que ouvi a Rochelle me chamando. Fui comer uma pizza <3

Manhattan Bridge, logo depois da Brooklyn Bridge

Manhattan Bridge. O metrô passa lá dentro, acredita?

Finalmente! E é pequena, cara... 


Passei pela Statue of Liberty pelo barquinho de graça

New York vista do Central Park

Mais Central Park

Gramado sem graça no Central Park <3

Achei o ônibus em Nova York após uma grande caminhada. Faltam 14 horas pra chegar de novo em Toronto, e eu já estou morto